Cursos/Serviço Social

DADOS GERAIS DO CURSO

Tipo: Bacharelado

Modalidade: Presencial

Denominação do curso: Serviço Social

Habilitação :Bacharel em Serviço Social

Turno de Funcionamento: Noturno

 

COORDENAÇÃO DO CURSO

 Coordenador do Curso: Profª Esp.Silvana Alves De Oliveira

  

REGIME LETIVO

Periodicidade: Semestral

Período de integralização: Mínimo: 08 semestres; Máximo:12 semestres

 

COMPOSIÇÃO CURRICULAR

Carga Horária das disciplinas:  2380 horas

Estágio Supervisionado:             530 horas

Atividades Complementares:       90 horas

Carga Horária Total:                   3000 horas

 

GRADE CURRICULAR: CLIQUE AQUI

CORPO DOCENTE:  CLIQUE AQUI

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO: CLIQUE AQUI

 

PERFIL DO EGRESSO

O curso de Serviço Social da UNIPAC- Uberlândia objetiva a formação de um profissional capacitado para atuar na formulação e implementação de propostas para o enfrentamento das desigualdades sociais, por meio de Políticas Sociais Públicas e Empresariais, também das Organizações que compõem o Terceiro Setor, que seja comprometido com a materialização de um projeto ético-político centrado em valores e princípios como: respeito à diversidade, liberdade, ética, justiça social, solidariedade, ampliação e consolidação da cidadania, defesa e aprofundamento da democracia com vistas a ampliação dos processos emancipatórios.

O profissional de Serviço Social da UNIPAC-Uberlândia estará apto a exercer suas funções:

  • Nas Políticas Públicas, junto às prefeituras em áreas da Assistência Social,
  • Nas áreas de Saúde, Habitação, Educação, Meio Ambiente e nos Conselhos de Direito;
  • No Judiciário: Fórum, Sistema Penitenciário e Centros de Ressocialização.
  • No ambito estadual, em especial nas Secretarias de Assistência Social;
  • Nas empresas, especialmente nos Projetos de Responsabilidade Social, Recursos Humanos e Benefícios;
  • Diferentes Organizações Privadas, ONGs entre outras.

A formação profissional tem como referência as atribuições e competências definidas na Lei de Regulamentação da Profissão (Art.4º da Lei 8862 de 07.06.93), a saber:

  • Formular e executar políticas sociais em órgãos da administração pública, empresas e organizações da sociedade civil;
  • Elaborar, executar e avaliar planos, programas e projetos na área social;
  • Contribuir para viabilizar a participação dos usuários nas decisões institucionais;
  • Planejar, organizar e administrar benefícios e serviços sociais;
  • Realizar pesquisas que subsidiem a formulação de políticas e ações profissionais;
  • Prestar assessoria e consultoria a órgãos da administração pública, empresas privadas e movimentos sociais em matéria relacionada às políticas sociais e à garantia dos direitos civis, políticos e sociais da coletividade;
  • Orientar a população na identificação de recursos para atendimento e defesa de seus direitos;
  • Realizar estudos socioeconômico-sociais para identificação de demandas e necessidades sociais;
  • Realizar visitas, perícias técnicas, laudos, informações e pareceres sobre matéria de Serviço Social;
  • Exercer funções de direção em organizações públicas e privadas na área de Serviço Social;
  • Integrar equipes interdisciplinares nos diferentes espaços sócio ocupacionais na gestão, elaboração, execução de políticas e projetos sociais.

. 

FORMAS DE ACESSO AO CURSO

O acesso ao curso se dará por meio de Processo Seletivo organizado e executado segundo o disposto na legislação pertinente, com o objetivo de classificar os candidatos no limite das vagas oferecidas. O Processo Seletivo abrangerá os conhecimentos comuns às diversas formas de educação de nível médio, sem ultrapassar esse nível de complexidade para avaliar a formação recebida pelos candidatos e sua aptidão intelectual para estudos superiores.

A regulamentação do processo Seletivo é dada a conhecimento público por meio de Edital publicado em órgãos de divulgação local, regional ou nacional.

Poderá ser adotada a avaliação seriada a ser definida e regulamentada pelo CONSEPE, por proposta da Reitoria ou Pró-Reitorias. Ao deliberar sobre os critérios e normas de seleção e admissão de estudantes, a Universidade poderá levar em conta os programas de avaliação do ensino médio adotados, inclusive possíveis orientações específicas oriundas dos órgãos educacionais.

Realizado o Processo Seletivo e restando vaga, admite-se a matrícula de aluno graduado, com diploma devidamente registrado, para obtenção de novo título ou de aluno de outras instituições em processo de transferência, para estas situações será realizado um processo seletivo na modalidade de análise curricular.

 A matrícula em disciplina isolada do curso será permitida nas seguintes situações:

• Quando da ocorrência de vaga, por alunos de outras instituições de ensino superior ou por concluinte de curso superior, para fins diversos; e

•  Independente da ocorrência de vaga, para aluno da unidade, para fins de cumprimento de dependência e/ou adaptação, sempre que for julgado possível pela Direção Acadêmico-Pedagógica e pela Coordenação de Curso.

Clique aqui para visualizar

Atendimento ao aluno
(34) 3291-2100 (34) 3219-7791 Acessibilidade
atendimento@unipacuberlandia.com.br