Cursos/Agronegócio

DADOS GERAIS DO CURSO

Tipo: Tecnologia

Modalidade: Presencial

Denominação do Curso: Curso Superior de Tecnologia em Agronegócio

Turno de Funcionamento: Noturno

 

COORDENAÇÃO DO CURSO

Coordenador do Curso: Prof. Esp. Laurisley Marques de Araújo

 

REGIME LETIVO

Periodicidade: Semestral

Período de integralização: 

Mínimo: 03 Anos (06 semestres) 

Máximo:04 Anos e 1/2 (09 semestres)

 

COMPOSIÇÃO CURRICULAR

Carga Horária das disciplinas: 2420 horas

Estágio Supervisionado:             160 horas

Atividades Complementares:     120 horas

Carga Horária Total:                  2700 horas

 

GRADE CURRICULAR: CLIQUE AQUI

CORPO DOCENTE: CLIQUE AQUI

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO: CLIQUE AQUI

 

 A composição curricular do curso está organizada em módulos assim dispostos:

Módulo I - Básico em Agronegócio;

Módulo II – Intermediário em Agronegócio, concedendo certificação parcial de Assessor em Agronegócio;

Módulo III – Gestão em Agronegócio;

Módulo IV – Processos em Agronegócio, concedendo certificação parcial de Consultor em Cadeias Produtivas;

Módulo V- Sistemas Integrados em Agronegócio e

Módulo VI – Tecnologias em Agronegócio, concedendo certificação final de Tecnólogo em Agronegócio, se o aluno cumprir os seis módulos, sem reprovação.

O artigo 5º da Resolução CNE/CP 29/2002 possibilita esta organização ao explicitar: “Os Cursos Superiores de Tecnologia poderão ser organizados por módulos que correspondam a qualificações profissionais identificáveis no mundo do trabalho”. 

 

PERFIL DO EGRESSO

O tecnólogo em Agronegócio é o profissional que viabiliza soluções tecnológicas competitivas para o desenvolvimento de negócios na agropecuária a partir do domínio dos processos de gestão e das cadeias produtivas do setor. Prospecção de novos mercados, análise de viabilidade econômica, identificação de alternativas de captação de recursos, beneficiamento, logística e comercialização são atividades gerenciadas por este profissional. O profissional do agronegócio está atento às novas tecnologias do setor rural, à qualidade e produtividade do negócio, definindo investimentos, insumos e serviços, visando à otimização da produção e o uso racional dos recursos”.

A formação do Tecnólogo em Agronegócio na Faculdade Presidente Antônio Carlos de Uberlândia tem a função de dotar o egresso com as seguintes competências e habilidades:

I. Analisar e criticar informações;

II. Argumentar coerentemente;

III. Propor soluções para situações-problema;

IV. Comunicar-se adequadamente;

V. Manter uma conduta profissional ética;

VI. Raciocínio lógico-quantitativo;

VII. Administrar conflitos

VIII. Desenvolver atividades em equipes multidisciplinares;

IX. Compreender os princípios, conceitos, importância e a visão sistêmica do agronegócio;

X. Elaborar projetos viáveis e sustentáveis do ponto de vista econômico, ambiental e social em empresas do setor agropecuário;

XI. Desenvolver padrões de qualidade e gerenciar custos nos processos produtivos do setor agropecuário, atendendo a legislação vigente;

XII. Elaborar e implementar planos de negócios, utilizando métodos e técnicas de gestão nos processos de produção, transformação, comercialização e logística do setor agropecuário;

XIII. Formular estratégias competitivas e viabilizar soluções tecnológicas para o desenvolvimento de negócios na agropecuária.

 

FORMAS DE ACESSO AO CURSO

O acesso ao curso se dará por meio de Processo Seletivo organizado e executado segundo o disposto na legislação pertinente, com o objetivo de classificar os candidatos no limite das vagas oferecidas. O Processo Seletivo abrangerá conhecimentos de Língua Portuguesa, Matemática, Biologia, Física, Língua Inglesa, Química, Conhecimentos Gerais (Geografia e História) e Redação, em nível de Ensino Médio para avaliar a formação recebida pelos candidatos e sua aptidão intelectual para estudos superiores. A regulamentação do Processo Seletivo é feita por meio de Edital publicado em órgãos de divulgação local, regional ou nacional e por meio do Manual do Candidato. Ao deliberar sobre os critérios e normas de seleção e admissão de estudantes, a Faculdade leva em conta os programas de avaliação adotados do Ensino Médio, inclusive possíveis orientações específicas oriundas dos órgãos educacionais, como a nota do ENEM.

Como meio de propiciar o ingresso e a permanência do aluno na Faculdade são oferecidos programas de financiamento estudantil como Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior - FIES, o EDUCA MAIS BRASIL, bolsas pelo Programa Universidade para Todos - PROUNI e são concedidos descontos nos programas Auxílio Parentesco; Bolsa Colaborador; Convênio Empresa; Convênio com Prefeituras da Região, Convênio Escolas Públicas e Sindicato SAAETM-AP. As bolsas do Prouni e FIES são oferecidas de acordo com a legislação do Ministério da Educação, que regulamenta os programas, sendo oferecidas a estudantes brasileiros que não possuem curso superior e que preenchem os requisitos legais.

Realizado o Processo Seletivo e restando vaga, admite-se matrícula de aluno graduado, com diploma registrado devidamente, para Obtenção de novo título ou de aluno de outras Instituições em processo de Transferência, quando será realizada análise curricular para ingresso.

A matrícula em disciplina isolada será permitida nas seguintes situações: quando da ocorrência de vaga, por alunos de outras Instituições de Ensino Superior ou por concluinte de curso superior independente da ocorrência de vaga, para aluno da unidade, para fins de Cumprimento de Dependência e / ou adaptação que sempre será julgado pela Direção Acadêmica e pela Coordenação de Curso.

Fonte: Edital do Processo Seletivo e Manual do Candidato, acesso: 
http://www.unipacuberlandia.com.br/graduacao

 

 

 

Clique aqui para visualizar

Atendimento ao aluno
(34) 3291-2100 (34) 3219-7791 Acessibilidade
atendimento@unipacuberlandia.com.br